História e Prática Docente – Laura Maciel

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Centro de Estudos Gerais
Instituto de Ciências Humanas e Filosofia
Área de História
Departamento de História
Curso de Graduação em História

Professor: Laura Antunes Maciel

Disciplina: GHT04270 História e Prática Docente

Tipo:    Instrumental

Eixo Cronológico:

Linha Temática:

Período:

Turno:  Noite

Horário: 2ª e 6ª – 20/22

_______________Programa de Disciplina________

Aliando aulas teóricas e práticas a disciplina propõe aos alunos uma reflexão sobre as principais questões enfrentadas pelos historiadores em seu ofício, em especial na prática docente. Discutindo procedimentos, métodos e critérios adotados na seleção de conteúdos, definição de objetivos, escolha de materiais, etc., o curso visa proporcionar um primeiro contato com o trabalho do professor em história. Exercícios com vários tipos de experiências e atividades permitirão que os alunos entrem em contato direto com situações de pesquisa e ensino.

Objetivos:
Refletir criticamente sobre a formação do professor de História e a dimensão política de seu trabalho;
Debater critérios de seleção de conteúdos históricos, recortes temáticos, cronologias e materiais didático-pedagógicos;
Refletir sobre a preparação para o ensino no interior dos cursos de graduação;
Exercitar procedimentos envolvidos na concepção, produção e transmissão do conhecimento histórico;

Unidades:
Formação do profissional de história para o ensino: concepções, currículos, práticas
O ensino como pesquisa: produção e divulgação do conhecimento histórico
Experiências e práticas de Ensino de História em diferentes graus escolares

Bibliografia Básica (máximo de 10 obras):

ALENCAR, Francisco. “Conhecer fazendo: perspectivas do ensino de História”. Anais do Seminário Perspectivas do Ensino de História. São Paulo, FE/USP, 1988.
ANPUH – Associação Nacional de História/Comissão de Especialistas do MEC. Diretrizes Curriculares dos Cursos de História. Mimeo, 2000.
BITTENCOURT, Circe M. Fernandes. (Org.). O saber histórico na sala de aula. São Paulo, Contexto, 2001.
CABRINI, Conceição e outros. O ensino de História. Revisão urgente. São Paulo, Brasiliense, 1986.
CRUZ, Heloisa de Faria e MACIEL, Laura Antunes. “História – Identidade da disciplina”; “Concepções, objetivos, habilidades e competências” e ”Conteúdos referenciais para as séries”. In: Amapá (estado). O ensino de 5ª a 8ª séries e o ensino médio. As disciplinas, as habilidades. Amapá, Secretaria de Estado da Educação/Instituto de Estudos Especiais/PUC/SP, 2000, vol. 2ª.
CRUZ, Heloisa de Faria e PEIXOTO, Maria do Rosário. “Discutindo a memória, ensinando a história”. Projeto História 17, São Paulo, Educ, 1998.
ENGEL, Magali Gouveia (Org.). Ensino de História. Tempo, n. 21, vol. 11, jul. 2006.
FENELON, Déa Ribeiro. “A formação do profissional de história e a realidade do ensino”. Projeto História, 2, São Paulo, PUC/SP, 1982.
FENELON, Déa Ribeiro; SILVA, Marcos Antonio da e FUNARI, Pedro Paulo. “Ensino de História:opções em confronto”. Revista Brasileira de História. São Paulo, Anpuh/Marco Zero, v.7, n. 14, mar./ago. 1987.
MATTOS, Ilmar Rohloff de (org.) – Ler & escrever para contar. Documentação, historiografia e formação do historiador. Rio de Janeiro, Access. 1998.
“Memória, História, Historiografia. Dossiê ensino de História”. Revista Brasileira de História. São Paulo, Anpuh/Marco Zero, v. 13, n. 25/26,  set.1992/ago. 1993.
NADAI, Elza. “A escola pública contemporânea: os currículos oficiais de história e o ensino temático”. Revista brasileira de História (11). São Paulo: Anpuh, 1986.
RICCI, Cláudia Sapag. Da intenção ao gesto. Quem é quem no ensino de História em São Paulo. São Paulo, Annablume, 1999.
SILVA, Marcos & ANTONACCI, Maria Antonieta. “Vivências da contramão – produção de saber histórico e processo de trabalho na escola de 1º e 2º graus”. Revista Brasileira de História, São Paulo, v.9, n. 19, set. 1989/fev. 1990, pp. 9-29.
SILVA, Marcos Antonio da (Org.). Repensando a história. São Paulo, Editora Marco Zero, 1984.
SILVA, Marcos Antonio da. (Org.). “A História em quadro negro. Escola, ensino e aprendizagem”. Revista Brasileira de História. São Paulo, n. 19, set.1989/fev.1990.
SILVA, Marcos Antonio da. História – O prazer em ensino e pesquisa. São Paulo, Brasiliense, 1995.
VESENTINI, Carlos Alberto. “Escola e livro didático de História”. In: SILVA, Marcos Antonio da (Org.). Repensando a história. São Paulo, Editora Marco Zero, 1984, pp. 69-80.
VIEIRA, Maria do Pilar; PEIXOTO, Maria do Rosário da Cunha; KHOURY, Yara. A pesquisa em História. São Paulo, Ática, 1998 (Série Princípios, n. 159).

Avaliação:
Participação nas discussões e atividades em sala de aula
Exercícios práticos em sala
Relatório de Pesquisa

Observações:
Além das atividades em sala de aula a disciplina demandará horários extras (manhã ou tarde) para realização de visitas a escolas, editoras, museus, e outras atividades complementares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: